2012

Feliz 2012! =]

É...

Talvez eu esteja um pouco atrasado como quem diz “bom dia!” após às 11:59, porém eu o faço com muita propriedade. Muito mais do que apenas uma vontade é preciso criar condições reais para que a ideia de se começar o ano de uma forma renovada não seja apenas exterior, mas interior também. E, eu quero implementar essa atitude de maneira bastante efetiva esse ano. Como vocês podem ver o layout do Inconsciente Flutuante foi repaginado, espero que você goste e caso contrário me diga também. =]

No entanto, não vou me referir somente as modificações no design do blog nesse texto...

É preciso registrar o quanto o ano de 2011 foi excelente para mim. Eu lembro que nessa mesma época do ano passado a minha a falta de objetivos específicos me permitiu subestimar o quanto aqueles 12 meses poderiam me tornar feliz. O lado bom foi que eu pude viver a vida com mais naturalidade e descontração. O lado não tão bom é que toda essa quantidade respostas a estímulos imediatos fez com que eu me perdesse um pouco no contexto geral do meu dia-a-dia. No ano de 2011 eu deixei muitas coisas para fazer de última hora e algumas não fiz mesmo. Mas, que fique bem claro que a culpa não foi da minha rotina e sim da minha falta de percepção para balancear as coisas. Quanto ao volume de estímulos que a vida me ofereceu não tenho do que reclamar, não é dele que eu quero abrir mão, afinal a sensação de estar vivo consiste exatamente nisso: no inesperado. E, para começar bem 2012 eu apenas estou me reorganizando para que não fique sobrecarregado novamente.

2012 é um filme ano muito esperado por alguns que acreditam profecia maia sobre o fim do mundo. Profecia essa que os próprios maias não tiveram oportunidade de explicar melhor aos “homens brancos” antes de serem exterminados pelos mesmos. Sinceramente, não boto fé no lance de fim do mundo ou Era da Luz a partir do dia tal do mês tal do ano tal. Quem tem pressa? O Criador? Eu acho que não. O Universo obedece uma série de Leis e qual o intuito de acelerar isso tudo? Consertar o mundo que a humanidade e sua vaidade degradaram? Deus (na minha singela opinião) não nos mimaria a tal ponto mesmo decepcionado com a condição na qual a nossa sociedade se encontra.

2012 também promete dar continuidade a essa onda manifestações organizadas pelas redes sociais. Algumas mais incisivas socialmente, outras nem tanto, o fato é que eu gosto delas mas é preciso analisar melhor todo o contexto que elas se encaixam. Por exemplo a iniciativa de deixar de se assistir a Rede Globo por um dia (25/01/2012). Claro que é legal protestar contra o conteúdo que é apresentado aos nossos olhos na TV. Mas, precisamos ter consciência que deixar de assistir a Rede Globo para acessar o G1 (para quem visita o site) não faz nenhuma diferença. Na verdade eu vejo até um interesse outras emissoras por trás desse tipo de manifestação e trocar 6 por meia dúzia não resolve de fato o problema. A única solução que temos é selecionar bem os programas/conteúdos que acessamos no nosso cotidiano seja eles quais forem e de quais canais forem para cessarmos efetivamente esse produção de informações cada vez mais irrelevantes.

Sem falar que esse ano é de eleições municipais também e precisamos tomar bastante cuidado com as informações que recebemos e enviamos para não sermos tão facilmente manipulados. Porém, isso fica para depois do carnaval...

Sendo assim, eu espero que todos possam desfrutar de um boas vibrações nesse ano novo que se inicia. Que os objetivos de cada um não se percam pelo caminho senão for por outros ainda maiores. Que cada um aceite os seus desafios pessoais sabendo que vivemos em sociedade e não podemos deixar de conciliar compaixão e justiça. Que cada um descubra dentro de si a sua maior fortaleza e se lapide ao máximo num progresso como seres mais humanos sem criar muros uns para com os outros. Assim, com certeza Deus nos proporcionará a paz de espírito que tanto almejamos, seja qual for a lugar do Universo que estivermos.

Bom, chega de preguiça!

Mesmo longe da data predeterminada, apenas respeitando o meu momento interior eu desejo à todos enfim, um feliz ano novo! =]