Apolo XI

A humanidade sempre buscou romper fronteiras sejam elas físicas, espirituais ou até mesmo morais e a sede de poder ou talvez a necessidade fez com que desenvolvêssemos a ganância pela conquista de territórios. Daí vieram as guerras, escravidão, produção de armas, torturas, divisões políticas e sociais, opressores, oprimidos...

Porém, há momentos da história em que está tudo sob controle, ou quase tudo está sob controle. Quando duas nações definem os seus círculos de alianças e povos subjugados e não há mais viabilidade de mudar isso, aí começa a nascer uma necessidade de expansão além dos territórios já existentes. É o que eu consigo ver nos exemplos de Portugal e Espanha para a expansão marítima e Estados Unidos e União Soviética para corrida espacial.

Talvez, isso aconteça pelo fato dos dois não conhecerem o poder de fogo um o outro e não terem coragem de se atacar. Além das especulações dos seus níveis tecnologia e capacidade de contra-ataque... (Wouuulll da série: “Tudo aprendi com Che” =D kkk)

Depois disso vem o período de colonização e tal... Colonização!? Será que estamos nos aproximando de colonizar a Lua?

Não sei se estamos próximos, mas com certeza estamos mais perto desde a Apolo XI em 1969. Eu acho bacana todo esse lance de expansão, de buscar novos horizontes, ir além da imaginação. Só que o meu encanto morre por aí! O homem durante essas corridas apenas dá passos maiores que as pernas, sem o devido preparo e cego pela obsessão da conquista. Já deu merda quando “conquistaram” a América e vai dá merda na provável conquista de Lua.

O homem ocidental* nunca deu valor ao desenvolvimento sustentável com harmonia entre os povos e a natureza, para ele é mais importante o status de poder e de rivalizar com Deus. Os prejuízos que a conquista da América geraram foram grandes; houve destruição de diversos valores culturais, exploração física e psicológica etc. E, enquanto isso os senhores do poder lá estavam em seus tronos gozando de todo luxo, conforto e usufruindo do ouro retirado através do suor e sangue das colonias.

Agora a mais nova notícia é a de que já eles podem comprar passagens para Lua, é isso mesmo, para quem tiver U$200 mil ficou fácil basta entrar no site virgingalactic.com e fazer sua reserva.

E assim eu vejo esse progresso em relação a Lua. Os donos do mundo querem apenas deixar de morar aqui, querem fazer do nosso satélite o seu mais novo condomínio de luxo e de lá tomarem as decisões dos rumos da Terra sem serem incomodados. É tipo quando transferiram a capital do Brasil do Rio de Janeiro para Brasília, manja?

*homem ocidental é um modo de dizer, eu acredito em um mundo globalizado hoje em dia. Mas, essa referência se faz aos antigos valores culturais da maior parte oriente.

...